Arquivo da tag: #PrimeiraGuerraMundial

CONSEQUÊNCIAS DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

Os dois mapas mostram a divisão política do continente europeu antes e depois da PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL (1914-1918). Este conflito foi resultado da disputa imperialista entre as principais potências imperialistas europeias, em especial Inglaterra, França, Alemanha e Itália, além do envolvendo dos Impérios Austro-Húngaro, Russo e Turco-Otomano.

As transformações nos limites territoriais dos países europeus foram resultado dos tratados de paz onde as nações vencedores apropriaram-se de alguns territórios das nações derrotadas, além de seus territórios coloniais. A França retomou da Alemanha as regiões da Alsácia-Lorena e do Sahre; O Império Russo passou pela Revolução Socialista em 1917, perdeu a Finlândia e territórios na região do Báltico (onde surgiram a Lituânia, Letônia e Estônia); a Alemanha além de ter perdidos territórios para a França teve sua parte oriental desmembrada, dando origem à Polônia; os Impérios Austro-Húngaro e Turco-Otomano foram desmembrados e deram origem a várias novas nações como Iuguslávia, Romênia, Bulgária, Hungria, Albânia, Tchecoslováquia, Grécia e Turquia. A Inglaterra manteve seus domínios na Europa e agregou grande parte dos territórios coloniais da Alemanha, Áustria-Hungria e Itália.

Ao final do conflito muitos tratados foram assinados, a Alemanha foi considerada a grande causadora da guerra, sendo obrigada a desmilitarizar-se, perder vários territórios, além de pesada indenização em dinheiro aos países vencedores, pelo Tratado de Versalhes. Além disso, foi criada a Liga das Nações, que deveria selar pela paz mundial e mediar os conflitos entre os países; os Estados Unidos não aderiram a Liga das Nações por entenderem que o Tratado de Versalhes não selaria a paz na Europa, já que as penas à Alemanha eram muito severas e causariam, como ficou comprovado pela ascensão do nazismo e Segunda Guerra Mundial, já a União Soviética não aderiu pois muitas nações ainda não tinham reconhecido a Revolução Socialista.

A Primeira Guerra Mundial teve consequências em todo mundo. A Europa foi a grande derrotada do conflito, o Imperialismo das nações europeias entrou em declínio e a supremacia econômica e militar europeia sobre o globo acabou. Os Estados Unidos assumiram o papel de grande potência econômica e militar do planeta. Além disso, houve a ascensão do Totalitarismo em estados como Alemanha e Itália. A Revolução Socialista Russa de 1917 foi outro impacto importante da Primeira Guerra Mundial. Considera-se também, a Segunda Guerra Mundial como consequência do primeiro conflito mundial, já que as punições impostas à Alemanha pelo Tratado de Versalhes foram consideradas muito rigorosas, causando um revanchismo alemão sobre as nações  vencedoras, canalizada pelo nazismo.


O ESTOPIM DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL.

No dia 28 de junho de 1914 o “barril de pólvora” em que se tinha transformado a Europa das grandes potências imperialistas explodia. A intricada rede de acordos e alianças entre países transformou um conflito regional dos Bálcãs em uma guerra européia e mundial.

Em visita a cidade de Sarajevo, capital da Bósnia-Herzegovina, o arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono do Império Austro-Húngaro, e sua esposa, foram assassinados em um atentado promovido pelo nacionalista sérvio Gavrilov Princip. Os nacionalistas sérvios refutavam a influência austríaca sobre os Bálcãs e apoiados pela Rússia promoviam um pan-eslavismo.

A morte do herdeiro do trono austro-húngaro levou a uma declaração de guerra por parte da Áustria-Húngria em relação à Sérvia. O que levou a Europa à guerra foi a Política de Alianças, que envolvia as principais nações imperialistas. Em pouco tempo, toda a Europa estava mergulhada na primeira guerra do Breve Século XX.